Há 54 anos…

  • 4 semanas 
  • 1Minute
  • 167Words
  • 21Views

… neste dia, estava em Buba, Guiné-Bissau, em pleno mato, depois de um ataque ao aquartelamento com morteiros e canhão sem recuo, dos mercenários financiados, armados e municiados pela URSS, a título de “libertação dos colonialistas portugueses”.

Depois da independência desta ex-colónia, viu-se a “libertação” dada pelos terroristas, treinados por instrutores cubanos na guerra de guerrilha, emboscadas, minagem de estradas e carreiros.

Um camarada da minha companhia, todos os anos, neste dia, faz-me “lembrar” – como se estas cenas alguma vez pudessem ser esquecidas -, o nosso “Réveillon” de fim de ano, depois do ataque, numa banhoca no rio que banhava o aquartelamento.

Refrescar as ideias era necessário quando, aqui na Metrópole (Portugal), estavam esposa e filha com dois anos à minha espera.

Passo a seguir o texto desse e-mail enviado pelo meu camarada (de armas):

“Boa Noite

Amigo, amanhã (dia 31/12/2022), faz 54 anos (31.12.1968) que nós à meia-noite estávamos a tomar banho em Buba…”

31.12.2022

actualizado em: 28/01/2023 13:30




 

 21 total views,  1 views today

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *