9: Porto, Viana do Castelo, Braga e Aveiro em alerta vermelho na noite de fim-de-ano

  • 1 mês 
  • 5Minutes
  • 906Words
  • 23Views

 

🇵🇹 METEOROLOGIA // MAU TEMPO // NORTE DO PAÍS

A partir da meia-noite prevê-se mau tempo nos distritos do Porto, Viana do Castelo, Braga e Aveiro. Protecção Civil alerta para cheias e municípios minhotos cancelam festas de ano novo.

© ANTÓNIO PEDRO SANTOS/LUSA

Os distritos do Porto, Viana do Castelo, Braga e Aveiro entram em alerta vermelho às 00.00 horas de domingo devido ao agravamento do mau tempo, anunciou este sábado o comandante nacional da Autoridade Nacional de Emergência e Protecção Civil.

“Entre hoje e amanhã haverá um agravamento da situação”, anunciou o comandante nacional da ANPC, André Fernandes, explicando que às 14.00 de hoje estarão em alerta laranja cinco distritos: Porto, Viana do Castelo, Braga, Aveiro e Viana do Castelo.

A previsão do aumento da queda de chuva faz com que quatro desses cinco distritos passem a alerta vermelho [o mais grave da escala] às 00.00: Porto, Viana do Castelo, Braga e Aveiro.

Protecção Civil alerta para possíveis cheias em meio urbano no norte e centro

A Protecção Civil alertou hoje para a possibilidade de cheias em meio urbano em especial no norte e centro do país, recomendando a redução de deslocações na noite de fim de ano.

“Há um potencial de cheias face à forte precipitação que se vai sentir entre hoje e amanhã [domingo]”, anunciou o comandante nacional da Autoridade Nacional de Emergência e Protecção Civil (ANPC).

Segundo André Fernandes, as bacias hidrográficas onde existem “maiores probabilidades de haver inundações em meio urbano assim como cheias” são as dos “rios Minho, Lima, Cavado, Ave, Douro, Vouga, Mondego e Tejo”.

“Reduzir ao máximo as deslocações, ficar e casa e não conduzir nestas áreas afectadas porque é provável que haja inundações nas rodovias” são as recomendações feitas pela protecção civil.

Para quem tem de regressar a casa, o comandante André Fernandes pede que “planeiem bem as viagens, no dia 1, verificando se há inundação das rodovias”, devendo por isso estar “atento às mensagens das autoridades”.

Outra das recomendações é para que as pessoas não se dirijam às praias na manhã de dia 1 de Janeiro de 2023 para primeiro banho do ano, até porque as previsões são também de maior agitação marítima na costa.

Municípios do Minho cancelam festejos de Ano Novo

As autarquias de Ponte de Lima, no distrito de Viana do Castelo, e de Barcelos, do distrito de Braga, divulgaram hoje o cancelamento dos festejos de fim de ano, devido ao agravamento das condições meteorológicas.

Em comunicado, a Câmara Municipal de Ponte de Lima refere que “após a recepção das mais recentes informações sobre as previsões meteorológicas, que apontam para o agravamento do estado do tempo, em especial a precipitação, (…) decidiu cancelar o evento “Passagem de Ano 2022″ que iria decorrer em Freixo a partir das 22:30”.

“Garantir a segurança de todos é a principal prioridade”, frisa a autarquia de Ponte de Lima, realçando que “as condições meteorológicas adversas não permitem garantir a normal realização do programa, para além de porem em causa a segurança de todos os envolvidos e a própria comunidade que aqui se deslocaria para celebrar o fim do ano”.

Também a Câmara de Barcelos, em comunicado, fez saber que os festejos agendados foram cancelados.

A festa de passagem de ano neste concelho do distrito de Braga que incluía um concerto com o artista Quim Barreiros foi cancelada devido ao mau tempo.

“Contactado o Comando da Protecção Civil Distrital e face às informações prestadas, entendeu a Câmara Municipal [de Barcelos] cancelar os referidos festejos, tendo em conta que o mais importante é salvaguardar pessoas e bens.

O Município pede desculpa pelos eventuais incómodos causados às pessoas que pretendiam assistir e participar neste evento”, lê-se no comunicado.

Entretanto, também o Município de Paredes de Coura decidiu cancelar o programa de Passagem de Ano e, em comunicado enviado à agência Lusa, alertou para as previsões de precipitação elevada e vento muito forte no período entre as 18:00 de hoje e as 12:00 de domingo.

“O risco de circulação nas vias públicas, por possível queda de árvores e aluimentos que tem sucedido um pouco por todo o concelho nas últimas horas, desaconselha já a realização dos muitos festejos agendados para a Passagem de Ano.

No entanto, quando há recurso a recintos improvisados (mais vulneráveis às intempéries) e a coexistência de corrente eléctrica e chuva abundante em zonas de grande concentração de pessoas, tornam o risco incomportável”, lê-se no comunicado.

Esta autarquia do distrito de Viana do Castelo salienta que “a salvaguarda das pessoas, das suas vidas e do seu património é a missão fundamental dos Municípios que coordenam a protecção civil a nível municipal”, pelo que ,”face à necessidade primordial de proteger as pessoas, todas as restantes soçobram”, confessando que a decisão de cancelar os festejos foi “difícil”, mas é “incontornável e impreterível”.

“Queremos dar as boas-vindas a 2023 e fazer a festa com todos, com alegria, mas em segurança”, termina.

Diário de Notícias
DN/Lusa
31 Dezembro 2022 — 12:57

actualizado em: 04/02/2023 15:03




 

 24 total views,  1 views today

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *