133: Guterres condena ataque e Kiev inicia operação de charme em Davos

  • 3 semanas 
  • 4Minutes
  • 662Words
  • 15Views

 

– O que é preciso mais para classificar TODOS os ataques, bombardeamentos, assassínios de civis de todas as idades, destruição de infra-estruturas de electricidade, gás e água, escolas, maternidades, hospitais, supermercados, etc., como CRIMES DE GUERRA praticados pelos putinofantoches terroristas russonazis 🇷🇺☠️卐☠️🇷🇺? Que a Ucrânia fique reduzida a pó? Que os seus habitantes sejam dizimados? Que esses animais, autênticas Bestas do Leste, possam continuar a bombardear, assassinar, destruir, sem que ninguém mexa uma palha para acabar com este GENOCÍDIO? Tristes figuras fazem estes dirigentes do “Ocidente” neste espectáculo dantesco de morte e destruição! Mais vale darem um abraço ao russonazi terrorista putinofantoche 🇷🇺☠️卐☠️🇷🇺 e entregar-lhe a Ucrânia! Topa-se que a destruição mostrada na imagem abaixo é de alvos militares!  “”As forças armadas russas não atingem edifícios residenciais ou infra-estruturas sociais. Atacam alvos militares”, disse o animal russonazi terrorista assassino 🇷🇺☠️卐☠️🇷🇺 , porta-voz do Kremlin, Dmitri Peskov.”

🇺🇦 SLAVA UKRAYINI 🇺🇦

🇺🇳 ONU // HIPOCRISIA // CINISMO

published in: 3 semanas 

Secretário-geral da ONU aponta para possível crime de guerra em Dnipro. Moscovo rejeita qualquer responsabilidade.

O número de mortes do míssil russo em Dnipro ascende a 40.
© VITALII MATOKHA/AFP

O secretário-geral da ONU condenou o ataque com mísseis russos a um edifício de apartamentos na cidade ucraniana de Dnipro, que causou pelo menos 40 mortos, como um possível crime de guerra.

Enquanto o Kremlin rejeita a autoria do mesmo, Kiev prepara uma operação de charme na cimeira de Davos, com o objectivo de conseguir o maior apoio possível para o esforço de guerra.

“Um ataque atingiu um edifício residencial em Dnipro no sábado à noite, num dos ataques mais mortíferos na Ucrânia desde o início da invasão russa em Fevereiro passado”, disse Stephanie Tremblay, porta-voz de António Guterres.

“O secretário-geral condenou este ataque, dizendo que este era mais um exemplo de suspeita de violação das leis da guerra”, prosseguiu. Tremblay disse ainda que a coordenadora das Nações Unidas na Ucrânia, Denise Brown, “apelou a uma investigação eficaz dos suspeitos de crimes de guerra e à adequada acusação dos suspeitos” do ataque em Dnipro que conta com três crianças entre as vítimas mortais e 29 desaparecidos.

Moscovo rejeitou qualquer responsabilidade, tendo insinuado que foram os sistemas de defesa aérea ucranianos a causar o desastre, dando gás a uma teoria sem provas que circula nas redes sociais. “As forças armadas russas não atingem edifícios residenciais ou infra-estruturas sociais. Atacam alvos militares”, disse o porta-voz do Kremlin, Dmitri Peskov.

Uma equipa de ministros e funcionários ucranianos chefiados pela primeira-dama Olena Zelenska deslocou-se ao Fórum Económico Mundial na cidade suíça de Davos para fazer pressão no sentido de uma maior ajuda ocidental e entrega de armas com características diferentes das que Kiev possui.

“É por isso que estou aqui”, disse o presidente da câmara da capital ucraniana Vitali Klitschko quando questionado sobre a necessidade de mais ajuda. “É por isso que é muito importante falar directamente. É muito importante ter uma ligação pessoal”.

A invasão russa da Ucrânia é um dos maiores temas da cimeira deste ano, que arrancou formalmente na segunda-feira à noite. A reunião anual de Davos, nos Alpes suíços, reúne centenas de chefes de governo, ministros e milhares de líderes empresariais, com a presença amanhã do secretário-geral da NATO, Jens Stoltenberg.

Zelenska vai falar esta terça-feira numa das sessões de abertura, enquanto o seu marido Volodymyr Zelensky vai comunicar por videoconferência em eventos à margem do fórum na quarta-feira e na quinta-feira.

Davos precede a importante reunião dos aliados, na sexta-feira, na base de Ramstein, Alemanha, sobre mais meios a disponibilizar à Ucrânia e a sua coordenação.

Diário de Notícias
DN/AFP
17 Janeiro 2023 — 00:11



 

 16 total views,  1 views today

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *