36: Nova secretária de Estado da Agricultura com contas arrestadas

– O Livre defende – e bem, no meu entender “… que uma das soluções para que este tipo de situações não volte a acontecer “é o escrutínio através de audições prévias dos candidatos a governantes na Assembleia da República”, como acontece em vários países, assim como na União Europeia, “onde esta averiguação prévia é feita para minimizar situações irregulares e possíveis conflitos de interesses”

São broncas atrás de broncas! Mas esta gente (da governança) quando escolhe ministros, secretários, sub-secretários, não tem conhecimento do passado desta nova gente que vai ocupar lugares públicos e, neste caso, de governo? Já começa  a tresandar…

🇵🇹 GOVERNO // BRONCAS SOBRE BRONCAS

published in: 4 semanas 

Carla Alves Pereira, a secretária de Estado da Agricultura ontem empossada, tem diversas contas arrestadas, na sequência de uma investigação que visa o marido, avança esta quinta-feira o Correio da Manhã. Está previsto que a governante faça, ainda hoje, uma declaração.

© Leonardo Negrão / Global Imagens

A nova secretária de Estado da Agricultura, Carla Alves Pereira, ontem empossada pelo presidente da República, tem diversas contas arrestadas, na sequência de uma investigação que visa o marido, Américo Pereira, ex-presidente da Câmara de Vinhais, segundo avança o Correio da Manhã na edição desta quinta-feira.

A governante irá fazer, durante o dia de hoje, uma declaração no seguimento desta notícia. O mesmo deve fazer o marido.

De acordo com a publicação, a PJ conseguiu o levantamento do segredo bancário concluindo que a agora governante, então funcionária em instituições públicas, recebia mais dinheiro do que aquele que declarava.

Segundo o jornal, em 2015, o casal declarou rendimentos de 135 mil euros, mas na banca entraram 338 mil euros. Em 2017, o casal terá ganho cerca de 61 mil euros e acabou por depositar 107 mil nas contas conjuntas.

As contas conjuntas do casal estarão arrestadas desde Março de 2022 e pretende-se a devolução de cerca de 700 mil euros ao Estado.

Ainda segundo o CM, o Ministério Público terá pedido o julgamento do marido da governante por suspeitas de corrupção e prevaricação no negócio da venda do seminário.

Carla Alves Pereira, natural de Bragança, tem 52 anos e é licenciada em Engenharia Zootécnica pela Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro.

Era directora regional de Agricultura e Pescas do Norte desde Dezembro de 2018, tendo sido antes, a partir de 2007, directora do Parque Biológico de Vinhais. Carla Alves faz parte do quadro técnico da Câmara Municipal de Vinhais desde 2000.

Carla Alves substituir Rui Martinho que abandonou as funções de Secretário de Estado da Agricultura por motivos de saúde.

Diário de Notícias
DN
05 Janeiro 2023 — 09:12



 

 21 total views