533: É melhor actualizar já o seu Chrome! Descoberta mais uma falha de segurança grave

– Muito raramente utilizo o browser Chrome, prefiro em primeiro lugar o Mozilla Firefox (106.0.2-64 bits) e em segundo lugar o Edge Canary (108.0.1461.0-64 bits). Mas para quem utiliza o Chrome aqui fica o aviso.

TECNOLOGIA/SEGURANÇA/CHROME/BROWSER

O Chrome é o browser de eleição da grande maioria dos utilizadores da Internet, dando-lhe tudo o que precisam para navegar. É uma proposta da Google que ao longo dos anos tem mostrado a sua capacidade.

Dada esta sua visibilidade, este browser está constantemente a ser avaliado e a serem procuradas vulnerabilidades. A mais recente acaba de chegar e já existe uma resposta para esta situação. Assim, é urgente que actualize imediatamente o Chrome, para evitar problemas de segurança: 107.0.5304.88 (Compilação oficial) (64 bits).

Mais uma falha de segurança no Chrome

A Google está a monitorizar de forma constante a segurança do seu browser. O Chrome, dada a sua exposição na Internet e a sua elevada utilização, é por vezes o veículo preferido para os atacantes se focarem nas suas vítimas.

Assim, dada esta importância, é essencial que seja mantido actualizado. Este cenário ganha agora uma importância ainda maior, visto ter sido descoberta mais uma vulnerabilidade neste browser. O Chrome está exposto e tem por isso de ser protegido.

Esta vulnerabilidade encontrada permite que os atacantes possam ter acesso aos dados mais sensíveis dos utilizadores, explorando uma simples falha. Do que é descrito, esta resulta de uma “type confusion exploit”.

Google já reagiu com uma correcção

Mesmo sendo um ataque conhecido, este não foi detalhado em toda a sua extensão. A Google prefere que a grande maioria dos seus utilizadores faça a actualização, para assim estarem protegidos e longe de problemas de segurança.

A correcção já existe e está a ser disseminada através da versão 107.0.5304.87/88, que está já disponível para actualização. Esta deve ser instalada de forma imediata para assim garantir a protecção dos seus dados e dos seus sistemas.

Do que se sabe, mesmo com esta falha, o Chrome está em 2022 mais estável e protegido. Até agora são apenas as 7 vulnerabilidades que foram reportadas e corrigidas, face às 58 que surgiram durante 2021. Desta vez, como sempre, tudo se resolve de forma rápida, com mais uma actualização que está já disponível.

Pplware
Autor: Pedro Simões
31 Out 2022