104: Apelo à dádiva de sangue: reservas de A+ e O+ dão apenas para quatro dias

SAÚDE PÚBLICA/DADORES DE SANGUE/URGENTE

A federação lembra que “todos os dias são necessárias 900 a mil unidades de sangue”.

As reservas de sangue para os tipos A+ e O+ só chegam para quatro dias e as dádivas estão “neste momento abaixo do desejável”, adiantou esta segunda-feira a federação de dadores, que apela às dádivas.

“As dádivas de sangue estão neste momento abaixo do desejável e ideais, nomeadamente no que se refere aos concentrados eritrocitários dos grupos “A positivo”, “O positivo”, com reservas para cerca de quatro dias, todos os outros grupos sanguíneos apresentam dias de reserva superiores”, segundo o comunicado da Federação Portuguesa de Dadores Benévolos de Sangue (FEPODABES), divulgado esta segunda-feira.

A federação apela a todas as pessoas saudáveis, com mais de 18 anos e mais de 50 quilos que façam uma dádiva de sangue, lembrando que “todos os dias são necessárias 900 a mil unidades de sangue”.

Citado no comunicado, o presidente da FEPODABES, Alberto Mota, pede que as pessoas doem sangue antes de partirem de férias, sublinhando que as necessidades de sangue nos hospitais se mantêm no verão.

A federação apela aos portugueses para que ajudem a manter as reservas de sangue em níveis estáveis, podendo os interessados consultar onde podem dar sangue através do link dador.pt.

Diário de Notícias
DN/Lusa
22 Agosto 2022 — 17:39