302: EAU vão lançar o seu primeiro rover lunar em Novembro

CIÊNCIA/ESPAÇO/LUA

O mundo está focado na exploração espacial e mesmo aqueles países que parecem adormecidos dão cartas nesse sentido. Os Emirados Árabes Unidos (EAU), por exemplo, vão lançar o seu primeiro rover lunar, já em Novembro.

A missão será concretizada juntamente com o Japão.

Ao jornal estatal The National, Hamad Al Marzooqi disse que o Rashid será lançado a partir do Kennedy Space Center, na Florida, Estados Unidos da América (EUA), entre o dia 9 e 15 de Novembro. A data exata do lançamento do rover nomeado em homenagem à família que governa o Dubai será anunciada no próximo mês.

Terminámos os testes do rover e estamos satisfeitos com os resultados. O rover foi integrado com o lander e está pronto para o lançamento.

Citou o The National.

A máquina será enviada a bordo de um foguetão Falcon 9 da SpaceX e será depositada na Lua, em Março, por um lander japonês.

Esta missão a ser lançada em Novembro faz parte de uma estratégia que os EAU estão a levar a cabo e que pretende torná-los num actor importante no campo da exploração espacial. Se a missão for bem sucedida, os EAU e o Japão juntar-se-ão à Rússia, aos EUA e à China, enquanto nações que colocaram uma nave espacial na superfície da Lua.

Hamad Al Marzooqi, licenciado em Electrical and Electronics Engineering, pela University of Sharjah, e mestre em Security, Cryptology and Coding of Information System, pela Universites De Grenoble.

Espera-se que o rover Rashid estude a superfície lunar, a mobilidade na Lua e forma como as diferentes superfícies interagem com as partículas do planeta. com 10 kg, transportará duas câmaras de alta resolução, uma câmara microscópica, uma câmara de imagem térmica, uma sonda, e outros dispositivos.

Embora não seja ainda um exemplo neste campo, esta não é a primeira investida dos EAU para a exploração do espaço. Afinal, o país associou-se à japonesa Mitsubishi Heavy Industries para lançar uma sonda. A Emirati está a orbitar Marte desde Fevereiro de 2021, para recolher dados e permitir o estudo do planeta por esses países.

Além disso, os EAU têm planos para desenvolver o satélite comercial mais avançado do Médio Oriente, de modo a produzir imagens de alta resolução. Assim como Elon Musk, o país estabeleceu o objectivo ambicioso de construir uma colónia humana, em Marte. No caso dos EAU, o horizonte temporal está estabelecido para 2117.

Pplware
Autor: Ana Sofia Neto
19 Set 2022