300: Câmara de Lisboa lança linha telefónica para queixas de ruído excessivo

– Referindo-me apenas a Lisboa, cidade onde resido, com um nível civilizacional e de cidadania ao nível de trogloditas primários, e que tal a C.M.L. criar uma linha directa à polícia municipal para denunciar infracções ao Código da Estrada, nomeadamente os artigos 48º. e 49º. (estacionamento em cima dos passeios, das passadeiras, das paragens dos transportes públicos, bloqueio de portas de prédios, etc.)? Latas de duas, quatro rodas e trotinetes, ocupam a totalidade dos passeios, obrigando as pessoas a circularem pela estrada com risco grave de acidente. Para quando o fim desta bandalheira?

LISBOA/RUÍDO/C.M.L./POLÍCIA MUNICIPAL

Autarquia adianta que a “Linha Ruído” (com o número 808 910 555) é atendida directamente pela Polícia Municipal de Lisboa.

© Gonçalo Villaverde / Global Imagens

A Câmara Municipal de Lisboa disponibiliza a partir desta segunda-feira uma linha telefónica através da qual os lisboetas podem apresentar queixas relacionadas com ruído excessivo, anunciou a autarquia.

Em comunicado, a Câmara adianta que a “Linha Ruído” (com o número 808 910 555) é atendida directamente pela Polícia Municipal de Lisboa, que “tomará as diligências que cada situação implique”.

A Câmara de Lisboa sublinha na nota que o ruído excessivo “constitui mesmo um dos factores que mais compromete o bem-estar das pessoas” e, por isso, quando há incumprimentos das regras, os munícipes devem apresentar queixa.

“Esta linha é um canal directo e dedicado para os munícipes reportarem à autarquia situações de ruído excessivo“, afirma o vereador Ângelo Pereira, citado na nota.

Há vários anos que os moradores de algumas zonas de Lisboa como o Cais do Sodré, Santos e o Bairro Alto se queixam do ruído excessivo em bares e nos ajuntamentos nas ruas.

Diário de Notícias
DN/Lusa
19 Setembro 2022 — 11:15