262: Foguetão não tripulado da Blue Origin cai após lançamento. Não há feridos

CIÊNCIA/ESPAÇO/BLUE ORIGIN

A Federal Aviation Administration anunciou a suspensão de qualquer lançamento enquanto decorre uma investigação à missão falhada do foguetão não tripulado da Blue Origin. “A cápsula aterrou em segurança enquanto o foguetão caiu no chão na zona de risco designada”, declarou o regulador.

Um foguetão da Blue Origin não tripulado caiu pouco após o lançamento, esta segunda-feira, no Texas, sul dos EUA, informou a empresa espacial de Jeff Bezos, acrescentando que a cápsula separou-se “com sucesso” do resto do foguetão.

“Falha no mecanismo de propulsão durante o voo não tripulado de hoje”, anunciou a empresa, dando conta que o sistema de ejecção da cápsula funcionou como era esperado.

Um vídeo publicado no Twitter mostra a aterragem forçada, mas em segurança, da cápsula, mas não os destroços do foguetão. Não há registo de feridos.

Os foguetões New Shepard foram aterrados aguardando uma investigação, disse a Administração Federal de Aviação, que é um procedimento padrão.

No vídeo divulgado é possível ver que, aproximadamente um minuto após o lançamento, a cápsula activou os seus motores de emergência e separou-se do foguetão a toda velocidade. Em seguida, aterrou com a ajuda de para-quedas.

O regulador da aviação civil dos Estados Unidos, a Federal Aviation Administration (FAA), anunciou a suspensão de qualquer novo lançamento enquanto decorre uma investigação. “A cápsula aterrou em segurança enquanto o foguetão caiu no chão na zona de risco designada”, escreveu a agência federal. “Não foram relatados feridos ou danos à propriedade pública”, acrescentou a FAA.

Esta foi a 23ª missão do programa dos foguetões New Shepard da Blue Orizon e a primeira a terminar em fracasso, o que representa um golpe para a empresa de turismo espacial criada pelo fundador da Amazon.

O New Shepard-23, que transportava material de pesquisa, estava programado para ser lançado no final de Agosto, mas foi adiado devido ao mau tempo.

Tudo aconteceu quando o foguetão estava a subir a 1.126 quilómetros por hora a uma altitude de cerca 8.500 metros. O foguetão pareceu parar quando se registou o problema técnico. A cápsula iniciou então a sua sequência de fuga, tendo o propulsor ficado envolvido em chamas.

Este incidente marca um revés para a Blue Origin e a crescente indústria de turismo espacial. O próprio Jeff Bezos participou no primeiro voo tripulado do New Shepard em Julho de 2021. Desde então, a missão New Shepard transportou cerca de trinta pessoas, incluindo William Shatner, actor da icónica série de ficção Star Trek, e o português Mário Ferreira.

No início de Agosto, o principal accionista da TVI e dono da empresa de cruzeiros Douro Azul tornou-se no primeiro português a ir ao espaço, uma experiência de apenas alguns minutos com ausência de gravidade.

Diário de Notícias
DN/AFP
12 Setembro 2022 — 23:48