14: Centenas de banhistas juntam-se em Carcavelos para primeiro banho do ano

 

🇵🇹 CARCAVELOS // PRIMEIRO BANHO DO ANO

Música e alegria na praia de Carcavelos deram lugar ao primeiro banho do ano, vigiado pelas autoridades em terra e no mar.

Fotos MIGUEL A.LOPES/LUSA

Centenas de banhistas juntaram-se este domingo para o primeiro banho do ano, na praia de Carcavelos, concelho de Cascais, vigiados pelas autoridades, em terra e no mar, devido às previsões de agitação marítima que não se verificaram.

Na entrada da praia, num ambiente de alegria, e ao som de dois acordeões, dezenas de pessoas cantavam músicas tradicionais portuguesas, celebrando na praia a primeira manhã de 2023, uns vestidos com roupas e adereços natalícios, outros de pijama, fato de banho a imitar os antigos ou fato de prisioneiro, tendo no centro do animado grupo uma bandeira de Portugal.

No mar, uma embarcação da estação salva vidas de Cascais vigiava os banhistas que, em minoria entre centenas na praia, arriscavam mergulhar no mar, neste primeiro dia de Janeiro, apesar do forte vento que se fazia sentir.

No areal, seis nadadores-salvadores vigiavam os banhistas, assim como vários elementos da Polícia Marítima, na entrada da zona balnear, que respondiam a perguntas dos banhistas sobre a perigosidade de dar um mergulho face às previsões meteorológicas.

Devido ao mau tempo previsto para o Fim do Ano, a Protecção Civil, na sexta-feira, emitiu um aviso às populações, aconselhando a “não praticar actividades relacionadas com o mar”, nomeadamente passeios à beira-mar, mas na praia as ondas não ultrapassaram um metro esta manhã, não fazendo jus à previsão do IPMA, de aviso amarelo em Lisboa, devido a ondas com 4 a 4,5 metros.

Os primeiros mergulhos em Carcavelos começaram pouco antes das 10:00 e, segundo testemunhos de banhistas que tradicionalmente se deslocam a Carcavelos no primeiro dia do ano, contou este ano com menos pessoas do era habitual antes de pandemia covid-19, em 2019, não se observando praticamente crianças esta manhã na praia.

“Vim dar um mergulho a Carcavelos, como faço todos os anos”, contou à Lusa António Santinha, mal saiu da água acompanhado de amigos, classificando a temperatura da água como “óptima” e explicando sentir-se seguro a mergulhar, apesar das previsões de mau tempo, por estar na praia montado um dispositivo de segurança.

Carlos Correia, um desses amigos, depois de confirmar que a água “estava muito boa”, contou que pratica esta tradição do primeiro dia do ano há muito tempo e que, “a certa altura, passou a ser uma superstição”, acreditando que um mergulho no mar assegura que o ano “vai correr bem”.

Um grupo composto por mais de 50 banhistas, que em anos passados chegou a juntar mais na praia de Carcavelos, mergulhou junto no mar, em grande animação e acompanhado por um cão, que apenas foi ao areal no momento do banho do grupo, do qual o dono e uma criança faziam parte.

“Já há 25 anos que venho com os Narciso cumprir a tradição. Hoje veio um grupo de 50 ou 60, menos do que era costume”, contou à Lusa, também ao sair da água, Cláudia Araújo, vestida com um fato de banho às riscas vermelhas e brancas que tapava as pernas quase até ao joelho, imitando os primeiros fatos de banho.

Esta tradição em Carcavelos começou após a II Guerra, quando um grupo de pessoas que se juntavam no restaurante ‘O Narciso’ decidiu mergulhar no mar no primeiro dia do ano, passando a ser conhecidos como ‘Os Narcisos’, e a quem se foi juntando cada vez mais gente.

“A água está espectacular”, disse Ana Rita, também d’ Os Narcisos, após um banho no mar, esclarecendo que os avisos que aconselhavam a evitar hoje idas à praia não a demoveram de cumprir esta tradição anual.

“Os avisos foram de mau tempo mas, dado o facto de o grupo ser unido e com o coração quente, conseguimos mergulhar com as devidas precauções”, disse Ana Rita, após um longo e animado mergulho com o grupo, que terminou a conversa gritando em conjunto ‘ Bom Ano’.

Diário de Notícias
DN/Lusa
01 Janeiro 2023 — 13:58

actualizado em: 04/02/2023 05:48




 

 23 total views