314: Goodyear vai produzir pneus airless para os rovers da Lua no programa Artemis

TECNOLOGIA/ESPAÇO/LUA/ARTEMIS

Estamos a poucos anos de voltar a pisar solo lunar. Tal como há mais de meio século, para a Lua vão ser carregados rovers, naves, material de exploração e muito equipamento científico. Vai ser preciso rolar pelo solo do nosso satélite e os “carros lunares” vão estar novamente equipados com pneus Goodyear. Desta vez a tecnologia é outra e há também novos desafios.

A Goodyear arregaçou as mangas para produzir pneus de veículos lunares em colaboração com a Lockheed Martin e a General Motors.

Pneus prontos para rolar na Lua em 2025

As empresas esperam ser as primeiras a estabelecer operações a longo prazo de veículos comerciais na Lua. A Goodyear oferece a sua vasta experiência em pneus, uma componente de missão crítica para atravessar a superfície lunar. No que toca a experiência, a empresa não é “nova nisto”.

Esta participação está incluída no programa Artemis da NASA. Conforme foi documentado, a Goodyear também participou no projecto Apollo 11 há 53 anos.

O programa Artemis da NASA para viver e trabalhar na Lua tem uma clara necessidade de transporte de superfície lunar que pretendemos encontrar com veículos conduzidos por astronautas ou operados autonomamente sem tripulação.

Estamos a desenvolver esta nova geração de veículos de mobilidade lunar para o disponibilizar à NASA e às empresas comerciais, assim como a outras agências espaciais para apoiar a ciência e a exploração humana. Esta abordagem exemplifica o desejo da NASA de que a indústria assuma a liderança com esforços comerciais que permitam que a agência seja um dos muitos clientes.

Disse Kirk Shireman, vice-presidente das Campanhas de Exploração Lunar na Lockheed Martin.

Como era o Lunar Roving Vehicle das missões Apollo? O primeiro astromóvel no Espaço

Solo lunar é um desafio complexo de lidar

O solo lunar é composto por uma fina camada de regolito, material encontrado na superfície da Lua. As suas propriedades físicas deste “chão” são principalmente o resultado da desintegração mecânica das rochas basáltica e anortosítica, causadas por impactos meteóricos contínuos e bombardeio por partículas atómicas carregadas de energia solar e interestelar ao longo dos anos. É um solo complexo, portanto.

Assim, para aumentar a mobilidade lunar e suportar as duras circunstâncias na Lua, a Goodyear está a utilizar a sua tecnologia de pneus sem ar altamente desenvolvida, que é agora utilizada na Terra com micro-mobilidade, vaivéns autónomos, e veículos de passageiros.

Tudo o que aprendemos com a fabricação de pneus para o ambiente de operação extremamente difícil da Lua ajudar-nos-á a fazer melhores pneus sem ar na Terra.

Isto irá contribuir para o nosso objectivo final de permitir a mobilidade, independentemente do local onde esta ocorra. Igualmente importante, é uma honra escrever história com esta prestigiada empresa que sabe como dar saltos gigantescos na exploração e mobilidade.

Comentou Chris Helsel, vice-presidente de Operações Globais e Director de Tecnologia da Goodyear.

De -120 °C a 120 °C

Conforme descreveu a Goodyear, os rovers lunares Apollo foram criados para serem utilizados apenas durante alguns dias em excursões num raio de 8 quilómetros dos seus locais de desembarque. No entanto, as futuras missões serão planeadas para atravessar terrenos acidentados em distâncias muito mais longas e em temperaturas mais extremas.

Serão necessárias novas capacidades de pneus para anos de durabilidade e mesmo sobrevivência em temperaturas tão baixas como -150 graus Celsius à noite e tão altas como 121 graus Celsius durante o dia.

Além da Goodyear, a empresa Lockheed Martin, sediada em Maryland, tem também mais de 50 anos de experiência com a NASA, incluindo como nave espacial da classe de exploração Orion para a Artemis e várias naves espaciais planetárias para Marte.

A empresa também supervisionará o desenvolvimento e coordenação das actividades comerciais do programa com a NASA e outras organizações espaciais internacionais. Além disso, a Lockheed Martin continua a desenvolver novas tecnologias para as próximas missões espaciais enquanto assiste a NASA na exploração de todos os planetas do nosso sistema solar.

Pplware
Autor: Vítor M
20 Set 2022